Já Pensou Em Vender Milk Shake?

blog-ecromo-milkshake-principal

Milk shake, estas duas palavras estão cada vez mais presentes nas lanchonetes, sorveterias, food trucks e em diversos outros estabelecimentos comerciais. Você pode estar pensando: “OK, mas o que eu tenho com isso? Não tenho uma sorveteria. Meu negócio é vender comida”!

 Acontece que o milk shake pode ser um produto muito rentável. A facilidade e rapidez de seu preparo, além do baixo custo de seus ingredientes são seus grandes atrativos.

 

Dica: Independente de qual seja seu carro chefe, o milk shake poderá ocupar um lugar em seu cardápio e garantir um faturamento extra para a empresa.

 

As sobremesas ou qualquer outra opção de alimentos doces possuem um poder de atratividade muito grande no consumidor. Frequentemente, essa parte do cardápio é a que oferece as maiores margens de lucro para a casa. Também é sabido que nem sempre é fácil manter um cardápio de sobremesas de alta qualidade e variedade. Em sua maioria as sobremesas precisam estar pré-prontas, o que limita as possibilidades de oferta.

 

Neste momento que entra uma das grandes vantagens do milk shake, seu tempo de preparo. Um milk shake pode ser feito em menos de 2 minutos, usando apenas sorvete, leite e uma calda de sua preferência.

 

Não pense que ele só combina com hambúrguer ou batata frita. Deixe esta ideia de lado e fique aberto a novas oportunidades.

blog-ecromo-milkshake

O preparo pode ser feito em um liquidificador, mas recomendo fortemente a utilização de um batedor de milk shake. A compra do batedor será um dos únicos investimentos necessários, além da matéria prima. Ele não é caro, é pequeno e super prático de manusear e limpar. A limpeza após o uso não levará nem 30 segundos (muito mais fácil que lavar o copo de um liquidificador). Outro detalhe importante é a consistência do produto final. O liquidificador vai te entregar um produto final mais líquido. A utilização do batedor vai resultar em um milk shake mais consistente, com menos cara de vitamina e consequentemente com mais valor agregado.

 

A qualidade (e o preço) de seu milk shake vai depender somente da qualidade do sorvete que você vai usar e do tipo de calda que será servida com ele. Ou seja, pode ser adaptado para qualquer tipo de negócio e público alvo. Pode ser vendido na rua ou no shopping, na lanchonete local ou no bistrô, pode custar de R$ 3,50 a R$ 35,00. Você que manda.

 

Os lucros resultantes do primeiro mês de venda, já devem ser suficientes para cobrir o custo do batedor e algum outro utensílio necessário, como copos, por exemplo.

 

Então, o que achou da ideia de agregar um novo produto ao seu cardápio?

Responsive image

ecromoequip


Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão

Campos obrigatórios são marcados com *